Por Iracema Portella

O Ministério da Saúde e o Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (ICICT/Fiocruz) lançaram a 5ª edição do Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo de Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa. A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) participará do comitê responsável por avaliar as experiências inscritas. As inscrições estão abertas até 31 de agosto. O objetivo é reconhecer, compartilhar e incentivar boas práticas para qualificar os cuidados com os idosos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). As informações estão no site da OPAS no Brasil. Serão aceitas experiências relacionadas aos diferentes níveis de atendimento, da atenção básica à especializada. Os casos podem estar relacionados, por exemplo, a programas como Estratégia de Saúde da Família, Unidades Básicas de Saúde, Núcleo de Apoio à Saúde da Família, Atenção Domiciliar, Atenção Hospitalar e Distritos Sanitários Especiais Indígenas.

O resultado final será divulgado em 6 de outubro deste ano. Ao todo, 14 experiências serão selecionadas e apresentadas em um evento com a presença do Ministério da Saúde, Fiocruz, OPAS/OMS, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), entre outros órgãos. Os vencedores receberão o Certificado de Reconhecimento de Experiência Exitosa no âmbito do SUS. As pessoas estão vivendo muito mais. A estimativa é que a população mundial de pessoas com idade igual ou superior a 60 anos de idade aumente de 900 milhões em 2015 para cerca de 2 bilhões em 2050. O ritmo de envelhecimento da população no mundo inteiro também está aumentando.

Por isso, é fundamental garantir às pessoas mais saúde e bem-estar nessa etapa da vida. É preciso oferecer aos idosos uma atenção mais holística, capaz de estimulá-los a ter uma existência saudável, tanto do ponto de vista físico quanto do mental e do emocional. Daí a importância de valorizar as boas práticas na área da saúde. Parabenizo, portanto, os responsáveis por essa excelente iniciativa que visa incentivar ações e estratégias voltadas para as pessoas mais velhas.